fbpx
Email: contato@supletivobrasilead.com.br

Qual é a idade para fazer supletivo a distância?

A idade para fazer supletivo é 15 anos para Ensino Fundamental e 18 anos para Ensino Médio. Portanto, a idade de corte vale tanto para cursos presenciais quanto para o EAD (Ensino a Distância). Mas a determinação da idade nem sempre foi um ponto pacífico. Saiba mais neste artigo.

Antigamente, as escolas que tinham alunos repetentes e problemáticos acabavam empurrando-os para o EJA, que é a Educação de Jovens e Adultos, também conhecida como supletivo.

Mas havia menores de 15 anos fazendo supletivo, o que não era o indicado pelos especialistas em educação. A mesma situação, portanto, envolvia os alunos do Ensino Médio, que acabavam se matriculando numa turma de supletivo sem nem chegar aos 18 anos.

Por isso, o Conselho Nacional de Educação (CNE) se baseou na LDB (Lei de Diretrizes e Bases) e determinou a idade de corte. Hoje em dia, o limite mínimo da faixa etária é seguido nos cursos presenciais e nos cursos pela internet.

Mas será que o perfil das pessoas que procuram o supletivo é de adolescentes e jovens? Veja no próximo tópico que não.

Qual é a idade média do aluno do supletivo?

Como você viu acima, é preciso ter no mínimo 15 anos para poder se matricular num curso de EJA do Ensino Fundamental, que também era chamado de primeiro grau.

Sendo assim, o aluno pode concluir do 1º ao 9º ano, dependendo da série em que parou de estudar. Se ele tiver disciplinas a serem eliminadas, isso também é levado em consideração.

SAIBA MAIS: Veja as disciplinas que caem nas provas do primeiro e segundo graus.

Logo, para fazer o supletivo do Ensino Médio, ou colegial, como algumas pessoas conhecem, é necessário ter a partir de 18 anos de idade.

Contudo, o que se vê é que a maioria dos alunos desses cursos são maiores de idade. Dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), por exemplo, identificaram que 2% dos alunos que frequentavam as turmas de supletivo do Ensino Fundamental tinham entre 15 e 17 anos. Já 98% eram maiores de 18 anos.

Por isso, não é raro, por exemplo, encontrarmos na mídia casos de pessoas com 80 ou 90 anos que estão terminando agora o Ensino Médio. Isso porque muitas pessoas não puderam terminar a escola quando eram jovens.

Sendo assim, a entrada precoce no mercado de trabalho, o casamento, os filhos ainda na adolescência, a distância das escolas e a falta de motivação para os estudos deixaram muitas pessoas, por décadas, longe da escola.

Pessoas de mais idade conseguem fazer o curso pela internet?

Como você viu acima, há idade mínima para fazer o supletivo, mas não há idade máxima. E como os cursos são disponibilizados na internet, muita gente pode ter dúvida se aqueles que têm mais idade conseguem lidar facilmente com o universo on-line.

Entretanto, segundo a pesquisa TIC Domicílios, do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.Br), 58% das pessoas com mais de 60 anos têm acesso à internet dos seus smartphones.

Isso quer dizer que o curso do supletivo a distância também pode ser acessado dessa plataforma. Afinal, basta ter acesso à plataforma para saber como baixar as apostilas e provas. O processo aqui no supletivo do Instituto Brasileiro de Qualificação Profissional (IBQP), por exemplo, é 100% digital.

Para concluir, é importante lembrar que a idade para fazer supletivo é apenas um dos requisitos para obter o diploma do primeiro e do segundo grau. De fato, ele é muito importante para conseguir empregos melhores, fazer concurso público ou até, quem sabe, entrar numa faculdade.

Agora que você já sabe como funciona a idade mínima para o supletivo, conheça o método do supletivo EJA EAD. É só clicar no site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *